7 dicas para perder alguns quilos sem muito esforço

Você sabia que pequenas mudanças em seus hábitos do dia a dia podem ajudar na perda de peso? Isso mesmo! Confira essas 7 dicas que preparamos para te ajudar a perder peso sem muito esforço!

É muito raro encontrar alguém que não queira emagrecer, nem que seja apenas um quilo. Parece que há uma busca incessante por um corpo mais sequinho, seja por uma melhor qualidade de vida, ou mesmo por uma satisfação com a imagem corporal. 
Contudo, é possível perder alguns quilinhos sem precisar recorrer a dietas malucas ou a treinos físicos exaustivos. Pequenas mudanças nos hábitos alimentares são capazes de produzir grande benefícios na sua saúde e contribuir para o emagrecimento. Listamos 7 dicas ótimas e super fáceis de serem colocadas em prática no seu dia e que te ajudarão a conquistar esse objetivo. Continue a leitura e descubra quais são elas!

1. Comece escolhendo comida de verdade.
O que seria isso? Provavelmente, uma boa porcentagem do que você come diariamente sejam apenas produtos alimentícios e não comida de verdade. Produtos alimentícios se refere a todos os produtos alimentares que sofrem alteração pela indústria. Aqui entram os sucos artificiais, salgadinhos de pacote, refrigerantes, mas também pão de forma, bolo pronto, macarrão instantâneo, iogurtes e bebidas lácteas, barrinhas de cereais, biscoitos recheados, biscoitos água e sal, e por aí vai.

Afinal, o que é comida de verdade?
Comida de verdade não tem rótulo nem precisa de propaganda. Ela não precisa de marketing, pois ela se promove por meio da nossa saúde, da disposição e vitalidade que nos fornece.
Comida de verdade também pode ser identificada quando é o próprio ingrediente da preparação. Por exemplo, uma salada mista de alface, tomate, pepino e abacate. Não há uma lista extensa de ingredientes, e você conhece todos eles, diferente dos produtos alimentícios, que você não sabe o que boa parte daqueles nomes na lista de ingredientes. 
A última dica para diferenciar uma comida de verdade é que ela não dura muito tempo. Quanto maior o tempo de duração de um produto, maior é a quantidade de conservantes e aditivos químicos para que isso aconteça. Portanto, o melhor é comprar a comida de verdade e, para fazê-la durar mais, a opção é congelar. 
Todas as vezes que você substitui um produto alimentício por uma comida de verdade, o seu corpo e sua saúde agradecem, e o emagrecimento será apenas um resultado das suas sábias e corretas mudanças alimentares.

2. Adquira o hábito de fazer compras após as refeições.
Pode até parecer meio sem sentido, mas ir ao supermercado de barriga cheia evitará que você compre muitas comidas por impulso da fome. E, geralmente, quando se está com fome, as comidas mais desejadas são aquelas que já estão prontas para o consumo, frequentemente calóricas, gordurosas e ricas em sódio e açúcar. Por outro lado, se você não comprar esses alimentos, não será tentado também a consumi-los em casa. Portanto, para boas escolhas alimentares, frequente os supermercados sempre após as refeições. 
Quando estiver no supermercado, opte por produtos com uma lista de ingredientes o mais reduzida possível, pois quanto mais simples, menos processados e com menos aditivos químicos são, sendo assim os mais indicados para o consumo. Mas nada se compara a alimentos in natura, sem aditivos químicos e que você mesma(o) prepara. Então prefira comprar esses alimentos!

3. Durma bem.
Muitos estudos comprovam que não dormir bem atrapalha o emagrecimento e a queima de gordura e ainda contribui para o aumento de peso. Uma noite de sono mal dormida interfere no funcionamento do organismo de forma geral, provocando alterações hormonais significativas. Os hormônios do estresse ficam mais elevados, os do bom humor ficam reduzidos e ocorre um desequilíbrio entre os hormônios relacionados ao apetite e à saciedade. Tudo isso resulta no aumento do estoque de gordura no corpo e também na fome, grandes obstáculos para o emagrecimento. 
Portanto, dormir bem, aproximadamente 7 a 8 horas por noite, proporciona um adequado relaxamento para o corpo, combate o estresse, melhora o humor e a pele, e ainda contribui para a redução de peso. Se o seu sono for tranquilo e constante, você também não será atraído para a geladeira, como vítima de um ataque de fome noturna. 

4. Coma primeiro as hortaliças e frutas.
As hortaliças, legumes e frutas são ricos em fibras e demandam maior tempo de mastigação. Ao escolher comer primeiro esses alimentos nas refeições, você se sentirá satisfeito mais rápido e evitará comer em excesso, principalmente grupos alimentares mais calóricos. 
Além do poder de saciedade, por serem ricos em fibras, tanto solúveis quanto insolúveis, esses alimentos ajudam a melhorar o funcionamento do intestino e reduzem também a absorção de gorduras. 
São ainda ricos em vitaminas e minerais, fundamentais para o funcionamento do organismo, eliminam toxinas do corpo e fortalecem o sistema imunológico.

5. Atenção ao que você está bebendo.
Refrigerantes são grandes vilões para o emagrecimento. Se você escolher retirá-los de sua dieta, sua saúde agradecerá, e não se espante se perder alguns quilos com essa mudança. Mas não é só o refrigerante que pode estar te atrapalhando a emagrecer. 
Se você pensa que está fazendo uma boa escolha ao substituir o refrigerante por um “suco de fruta” industrializado, alguns fatos comprovam que esta não é uma troca saudável. 
Existem dois tipos principais desses produtos de caixinha, industrializados e prontos para o consumo: o suco e o néctar. 
O suco integral deve ser composto apenas da fruta, sem aromas nem corantes artificiais. Os demais tipos de sucos ou néctares, conforme verificado no rótulo, 
contêm uma grande quantidade de açúcar, ou adoçantes nas versões light e diet, e aditivos químicos (corantes, aromatizantes, acidulantes, etc.). O tipo mais comum encontrado nos supermercados não é o suco, mas o néctar de frutas. Portanto, muita atenção. São muito calóricos e açucarados, e podem estar atrapalhando a sua perda de peso. 
A melhor escolha é substituir qualquer tipo de suco, até o natural e feito na hora, pela própria fruta. Escolha mastigar e saborear essas delícias da mãe natureza!

6. Concentre-se.
Comer vendo televisão ou em frente ao computador pode estar associado ao aumento do peso. Esse hábito faz com que as pessoas comam sem prestar atenção ao que está comendo, ou mesmo na quantidade ingerida e pode atrapalhar a mastigação. A mastigação correta dos alimentos é essencial para a absorção dos nutrientes pelo organismo e para facilitar a digestão.
Quando também se come com a atenção voltada para outro lugar, dificilmente será possível notar a sensação de saciedade. É ai que acontecem os excessos na quantidade de calorias ingeridas. 
Portanto, concentre-se na sua refeição. Desligue a televisão ou saia de frente do computador. Reserve um tempo adequado para comer sem pressa e mastigue bem. Pense sobre o que está comendo, nos sabores e na sua textura de cada ingrediente do seu prato.Com certeza você gostará dessa nova experiência sensorial e gastronômica.

7. Beba mais água. 

Beber água é uma ótima ferramenta para quem quer perder peso. Em quantidade adequada ao longo do dia, a água ajuda a emagrecer porque prolonga a sensação de saciedade, diminuindo assim a vontade de comer lanchinhos fora de hora. Ela também auxilia no trânsito intestinal, diminuindo a constipação e ajudando a limpar o intestino. Além disso, a água melhora o funcionamento dos rins e hidrata a pele, evitando o aparecimento de rugas.

Essas 7 dicas envolvem apenas a sua decisão. Estão acessíveis a todos quanto estiverem disposto a realizar pequenas mudanças nos hábitos, tanto no momento do consumo quanto no da aquisição de alimentos no supermercado. 
Comida de verdade, frutas, verduras e hortaliças em abundancia, água... esses são também princípios observados no vegetarianismo. Que tal conhecer um pouco mais sobre este estilo de alimentação que pode mudar a sua vida e a sua saúde? Confira nosso artigo “Por que ser vegetariano?”. Se gostou desse artigo, não se esqueça de compartilhar com os amigos.
 
Fonte: Conectados com Deus com adaptações.