Conhecendo a semente de girassol

Girassol não é somente uma bela flor ornamental que enfeita o jardim. Pode ser também um aliado importante na complementação da sua alimentação, oferecendo inúmeros benefícios!

O girassol possui muita afinidade com a luz solar e por isso torce o caule para aproveitar o máximo dessa energia, estando sempre posicionado na direção do sol. Essa adaptação à procura da luz solar faz com que essa flor armazene riquíssimas propriedades! Vamos conhecer algumas?
 
Contribuindo para a sua felicidade
Comer sementes de girassol para a felicidade e contentamento é uma das mais novas descobertas científicas. A saúde dos nervos depende daquilo que ingerimos, e a semente de girassol contém substâncias que atuam diretamente no sistema nervoso, produzindo bom humor. Também é rica em cálcio e em magnésio, necessários ao desempenho saudável da função nervosa. Um dos nutrientes mais importantes para a produção de bem estar é o triptofano, um aminoácido que aumenta a produção de serotonina no cérebro. A serotonina é conhecida como o “hormônio da felicidade” 
 
Entendendo melhor: O cérebro possui neuro transmissores, que são substâncias químicas que funcionam como mensageiros entre as células nervosas. São eles que determinam nosso humor global e a sensações benéficas produzidas pela ação cerebral. E a serotonina é um dos neuro transmissores de maior impacto. Quando liberada, leva o corpo a sentir um grande relaxamento, aliviando o estresse e a tensão. O efeito é o mesmo do Prozac, um dos antidepressivos mais fortes da indústria farmacêutica.
 
Mas o triptofano, que libera a serotonina, precisa de hidrato de carbono para conseguir fazer seu trabalho. E a semente de girassol possui a combinação dos dois, tornando-se assim, um verdadeiro remédio natural contra a depressão.
 
A semente de girassol também é fonte de vitamina B-6, vitamina E, de potássio, de selênio, e de manganês, todos fundamentais para a saúde das células.
 
Para manter a sensação de felicidade, e aproveitar o demais benefícios, é indicado comer pelo menos 3 vezes por semana o equivalente a 1 xícara de chá se sementes.
 
Mas além de combater a depressão, a semente de girassol possui outros benefícios
  • Ajuda a combater o mau colesterol, evitando que ele se fixe nas paredes das artérias;
  • Fonte de selênio, reconhecidamente importante na prevenção do câncer;
  • É desintoxicante;
  • Seus fitoesterois aliviam os sintomas da menopausa;
  • Potencializa o ganho de massa muscular;
  • Ajuda a recuperar a musculatura no pós-treino;
  • A saúde da pele aumenta devido à vitamina E das sementes;
  • Aumenta a saciedade;
  • O magnésio nessas sementes aliviam o estresse, acalmando os nervos;
  • Boas para tratar enxaqueca;
  • Apresentam magnésio e cobre, que ajudam na saúde dos ossos, dentes e unhas;
  • Suas fibras ajudam no funcionamento do intestino;
  • A vitamina E encontrada nas sementes ajuda a aliviar dores provocadas por doenças de natureza inflamatória, como artrite reumatóide, úlceras, etc.
 
 
Sementes de girassol para emagrecer
As sementes de girassol aumentam a saciedade, dessa forma, sente-se menos fome e come-se menores quantidades de alimentos. Por esse motivo, a semente de girassol ajuda a emagrecer.
Para isso, 30 gramas diárias da semente são suficientes e essa ingestão pode ser divididas entre as principais refeições.
 
 
Propriedades nutricionais da semente de girassol
 
Em 100 gramas de semente de girassil é possível encontrar:
  • 60 calorias;
  • 1.7g de carboidratos;
  • 2g de proteínas;
  • 5g de gorduras totais;
  • 1g de gordura monoinsaturada;
  • 3,3g de gordura poli-insaturada;
  • 3g de fibra alimentar;
  • 11,7g de cálcio;
  • 0,6mg de ferro.
 
Potencializando seus benefícios
Uma das maneiras mais eficazes de potencializar os benefícios de qualquer semente é submetê-las ao processo de germinação.
 
Como germinar sementes de girassol?
Para germinar sementes de girassol, pegue um punhado delas, sem casca, sem torrar, bem lavadas, e preencha 1/3 de um copo. Complete o restante da capacidade do copo com água. Deixe por 8 horas, tampada, em local fresco, ao abrigo da luz. Após esse período, escorra bem a água e utilize nos pratos desejados. Evite guardar para o dia seguinte. Procure fazer somente o que for consumir no dia.
 
Dicas de uso
A semente de girassol é facilmente encontrada com casca, sem casca, crua ou torrada. Seu custo é baixo, seu sabor delicado, suas propriedades riquíssimas, além de ser totalmente versátil nos preparos culinários.


De paladar extremamente agradável, as sementes de girassol são crocantes e poderão ser utilizadas em saladas, lanches, granola, iogurtes, molhos e etc.
 
A semente de girassol também é uma grande aliada das dietas vegetarianas. Por isso, uma das formas de incluí-las na alimentação é fazer um patê, que pode ser usado para passar em pães e torradas, tanto em refeições doces ou salgadas.
 
A receita do patê vegetariano de semente de girassol é simples. 
 
Ingredientes:
250g de sementes de girassol sem a casca, germinadas;
100g de pasta de gergelim (tahine);
2 colheres de sopa de shoyu;
4 colheres de sopa de suco de limão;
Sal a gosto.
 
Modo de preparo:
Levar todos esses ingredientes juntos para um processador de alimentos, batendo até obter a consistência de patê. Se for necessário, colocar mais tahine ou shoyu para que fique bem homogêneo. Servir!
Esse patê pode ser conservado em geladeira, em pote tampado por dois dias.
 
 
Que tal começar a acrescentar a semente de girassol na sua alimentação diária? Aqui na Clínica Oásis Paranaense nós usamos a semente de girassol e você poderá encontrá-la em diversas preparações nossas como nos pães, no suco verde detox, na granola e também durante o almoço! Ficou com vontade de experimentar e comprovar os benefícios dessa semente? Então venha nos fazer uma visita!